segunda-feira, 16 de julho de 2012

Liderança Indígena Xavante NATAL ANHAHÖ'A TSERERUREMÉ

Sou NATAL ANHAHÖ'A TSERERURÉMÉ da Nação Indígena Xavante, moro na Aldeia, região do Estado de Mato Grosso. No entanto, também sou aluno do CAFI/COIAB da turma 2007, sobre o Curso de Etnoambiental, quando eu era minha idade 24 anos começei na minha carreira sobre movimento indígena, e também trabalha na Educação Indigena da minha Terra Indígena de Sangradouro - Tsõ'rehipãri - A'uwe Uptabi - MT, portanto isso começei desde 2005 na minha profissão de Professor da Educação entres 04 anos e depois mudei desde 2008, começei na área de Professor de Informática e como eu também Cineasta indigena xavante. Atualmente deste ano fiz o Curso de Mundanças Climáticas e também Gestão de Projeto e Etnoambiental de 2012.


Iniciativas Terras Indígenas

Preservação ambiental só se faz com gente e pensando em gente. Não dá para conservar florestas, rios e biodiversidade sem reconhecer o papel fundamental dos povos indígenas, que há séculos enfrentam esse mesmo desafio.

A TNC trabalha diretamente com organizações e comunidades indígenas, para apoiá-las na gestão territorial e ambiental de suas terras. É uma parceria de grande impacto: somadas, as terras indígenas representam quase 13% do território nacional, uma área maior do que toda a região Sudeste do Brasil.

O que estamos fazendo

Atuamos junto a comunidades indígenas

Damos suporte técnico para apoiar povos indígenas na gestão ambiental e territorial de suas terras e seus recursos. No norte do Brasil, por exemplo, trabalhamos com os povos indígenas do Oiapoque na elaboração de um Plano de Vida, onde as próprias comunidades identificam ações e estratégias prioritárias para seu futuro.
A partir de experiências como essas, estamos criando modelos concretos de gestão, que podem e devem servir como referência para outras terras indígenas em todo o país.

Fortalecemos organizações indígenas

A TNC também trabalha junto a organizações indígenas, buscando aprimorar suas capacidades administrativas e fortalecer seu papel de dar voz aos povos indígenas. Um parceiro importante nesse esforço é a Coiab, a Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira, a maior organização indígena do país.

Capacitamos jovens líderes

Buscamos fortalecer as capacidades de uma nova geração de lideranças indígenas na Amazônia brasileira. Para isso, apoiamos a Coiab na criação do Centro Amazônico de Formação Indígena (CAFI), o primeiro centro de formação dedicado a prover jovens indígenas com o conhecimento teórico, técnico e político necessário para a gestão efetiva de suas terras.
Desde 2006, o CAFI já formou 115 jovens. Em 2010, a iniciativa foi reconhecida pelo Ministério de Meio Ambiente com o Prêmio Chico Mendes na categoria Educação Ambiental.

Apoiamos a discussão e elaboração de políticas públicas para povos indígenas

Junto de parceiros como a Funai, a TNC busca garantir a participação de comunidades e organizações indígenas na discussão e elaboração de políticas públicas que afetem a gestão de seus territórios.
Como parte desse esforço, participamos das discussões da Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental em Terras Indígenas (PNGATI), uma iniciativa que reconhece o papel das terras indígenas na conservação da biodiversidade brasileira e definirá o papel de cada nível de governo – municipal, estadual e federal – na gestão desses territórios.

2 comentários:

  1. NATAL ANHAHÖ'A TSERERUREMÉ muito boa sua iniciativa! vou sempre acompanhar, o povo indígena é a história que vai mudar o mundo...abraço Paola.

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante do blog.Parabens pella iniciativa. Queria muito conhecer de perto a cultura, os costumes, o pensamento, o modo de vida do povo xavante...Sucesso em sua luta...se eu puder ajudar, pode contar comigo!

    ResponderExcluir